home sugira um site livro de visitas cadastro
Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia - UFRJ prossiga

Artigos e Outros Textos - Antropologia   Estrangeiros



FONTES DE REFERÊNCIA
ABREU, Fernando. La voluntad de ser libre. Antroposmoderno. Artigo capturado em 28 de Agosto de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/antro-articulo.php?id_articulo=87
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. O autor parte da constatação de que a filosofia tem enfrentado como dilema principal certos atributos que correspondem ou deveriam corresponder ao homem. Este antecedente designa uma contraposição antropológica. Tratar exclusivamente do assunto "a vontade de ser livre" requer em primeiro lugar tomar suas propriedades objetivas, sem dúvida como categoria humana só podemos descrevê-la e compreendê-la em termos de consciência; assim conseguiremos nos aproximar de uma solução possível.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

ALTEN, Kristin. Eleanor Burke Leacock. Texto capturado em 25 de Setembro de 2002.
http://www.indiana.edu/%7Ewanthro/leacock.htm
O texto, disponibilizado pelo Portal de Cultura El Catalejo, traz uma breve biografia de Eleanor Burke Leacock e uma discussão sobre a sua obra.
Contato: http://www.elcatalejo.com/servicios/sugiere.htm
Área: Antropologia

AMIN, Samir. Crítica del capitalismo mundial y construcción de alternativas. Antroposmoderno. Entrevista capturada em 4 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/Entrevistaasa.shtml
Entrevista disponibilizada na em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. O entrevistado sustenta a contradição centro/periferia como imanente ao desenvolvimento do sistema capitalista mundial. A entrevista apresenta como ponto de partida uma visão distinta à tese tão em voga da ideologia da globalização, acerca do capitalismo atual e as necessárias alternativas.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

ANTON-LUCA, Alexandru. Gregory Bateson (1904-1980). Textos capturados em 25 de Setembro de 2002.
http://www.indiana.edu/%7Ewanthro/bateson.htm
O site disponibilizado pelo Portal de Cultura El Catalejo traz os seguintes textos: detalhes biográficos sobre Gregory Bateson, um resumo das obras "Naven", "Steps to an Ecology of Mind and A Sacred Unity: Further Steps to an Ecology of Mind" e "Mind and Nature: A Necessary Unity", um breve glossário batesoniano, o lugar de Bateson entre os intelectuais, livros de e sobre Bateson e links relacionados a Bateson na Internet.
Contato: aantonlu@indiana.edu
Área: Antropologia

ARANZADI, Juan. Demasiado cerca, demasiado lejos. Antroposmoderno. Capturado em 6 de junho de 2003.
http://www.antroposmoderno.com/antro-articulo.php?id_articulo=233
Artigo disponibilizado na Internet em maio de 2003 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos e idéias relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica e de outras disciplinas que conformam o pensamento do homem através da história. Para o autor, frente aos povos e culturas que estão situados sob nossa dependência, somos prisioneiros da mesma contradição que sofre o Islã na presença de seus protegidos do resto do mundo. Devido à extensão do artigo ele só é oferecido no formato Word.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

ARÓN, Jean Paul. Los trabajos y los días. "En Mayo los comportamientos desarticulan los mensajes." Antroposmoderno. Artigo capturado em 3 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/Lostrabajos.shtml
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. O autor afirma que poucos movimentos sociais estiveram tão diretamente vinculados aos debates no campo intelectual de sua época como os que ocorreram em Maio de 1968 na França. Qualquer análise deste movimento deve tomar em conta a relação que existia na década de 60 entre o trabalho dos intelectuais e a crítica radical da ordem social.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

BARBER, Nieves. Sófocles y el deseo. Antroposmoderno. Artigo capturado em 30 de Agosto de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/antro-articulo.php?id_articulo=52
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. A finalidade do artigo é sugerir alguns elementos de uma visão de mundo dentro da qual se possa ler Édipo Rei de Sófocles de maneira que Édipo saia como um pecador abominável apesar de estar consciente de que suas infâmias se deveram à sua ignorância.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

BERRIE, Beth. Victor Turner. Textos capturados em 26 de Setembro de 2002.
http://www.indiana.edu/%7Ewanthro/turner.htm
Texto disponibilizado pelo Portal de Cultura El Catalejo. O texto examina a vida e a obra do antropólogo Victor Witter Turner (1920-1983), numa tentativa de compreender o papel que ele desempenhou na conformação da Antropologia enquanto disciplina. A página disponibiliza a história da vida do autor, antecedentes, contribuições importantes e influências.
Contato: http://www.elcatalejo.com/servicios/sugiere.htm
Área: Antropologia

BIEDMA, José. Física Cuántica, Lógica y Causalidad. Antroposmoderno. Artigo capturado em 2 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/FisicaCuantica.shtml
Artigo disponibilizado na Internet em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos e idéias relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica e de outras disciplinas que conformam o pensamento do homem através da história. O autor sustenta que Hume eliminou, muito justificadamente, qualquer noção de necessidade lógica ou de conexão necessária, em relação à causalidade dos fenômenos empíricos. A vinculação de um fenômeno a outro é sempre contingente, o que quer dizer que não é absurdo pensar que as coisas se sucedam de outro modo em relação a como vêm sucedendo. A relação entre causa e efeito é de mera contigüidade espaço-temporal, uma conjunção constante que supõe a anterioridade da causa sobre o efeito e uma certa conformação probabilística (diríamos hoje estadística) entre o que sucedeu, sucede e sucederá.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

BOLOGNESI, Mário Fernando. La Cultura y la Mercancía. Antroposmoderno. Artigo capturado em 4 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/lacultura.shtml
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. O autor afirma que Marx fez seus estudos sobre a base da produção material de bens. Não aplicou o conceito de fetichismo da mercadoria à análise da cultura. Isso se dá no século XX com os teóricos da Escola de Frankfurt. O objetivo do artigo é analisar as diferenças entre mercadorias dadas para a satisfação da necessidade física e outras, artísticas e culturais, destinadas à intuição, ao desejo, à imaginação e à sensibilidade. O autor busca discutir se as noções de mercadoria e fetiche são suficientes para a análise da arte e da cultura.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

BOURDIEU, Pierre. La dominación masculina. Antroposmoderno. Artigo capturado em 3 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/Ladominacion.shtml
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. O autor afirma, ao introduzir o artigo, que o receio, carregado de preconceitos, com que a crítica feminista observa os escritos masculinos sobre o tema da diferença entre os sexos não carece de fundamento.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

BRATTON, Angela R. A look at Sherry Ortner´s contribution to Anthropology. Artigo capturado em 26 de Setembro de 2002.
http://www.indiana.edu/%7Ewanthro/ortner.htm
Artigo disponibilizado pelo Portal de Cultura El Catalejo. Segundo Bratton, o campo da Antropologia beneficiou-se grandemente da obra de Sherry Ortner. Atualmente Professora de Antropologia da Columbia University, Ortner contribuiu para a conformação da sub-disciplina Antropologia feminista. Ela também é importante para o campo da Antropologia porque ajudou a promover e definir teoria prática, bem como utilizou sua pesquisa antropológica para estimular mudanças políticas em arenas que ela considerava como desiguais ou problemáticas. Este artigo apresenta as contribuições de Ortner através de uma análise da sua obra.
Contato: http://www.elcatalejo.com/servicios/sugiere.htm
Área: Antropologia

CASH, Jennifer. Elizabeth Florence Colson (June 15, 1917 - ). Textos capturados em 26 de Setembro de 2002.
http://www.indiana.edu/%7Ewanthro/colson.htm
Textos disponibilizados pelo Portal de Cultura El Catalejo. Textos sobre a antropóloga norte-americana Elizabeth F. Colson, Professora Emérita de Antropologia da University of California, Berkeley, cuja obra enfoca a política, a religião, organização social, mudança social, migração, história e teoria antropológica e etnografia da África e da América do Norte. O site disponibiliza dados biográficos, pesquisas iniciais e influências, o Projeto Gwembe Tonga (estudo sobre mudança social na Zâmbia, causada pela implantação forçada), contribuições teóricas e disciplinares, outras contribuições e principais obras.
Contato: http://www.elcatalejo.com/servicios/sugiere.htm
Área: Antropologia

CAVALCANTI, Maria Laura Viveiros de Castro. The Amazonian Ox Dance: an Anthropological Account. Cultural Analysis, Berkeley, vol. 2, 2001.
http://socrates.berkeley.edu/%7Ecaforum/volume2/pdf/cavalcanti.pdf
A autora é professora do Programa de Pós-graduação em Sociologia e Antropologia - PPGSA - do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais - IFCS - da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ. No artigo ela analisa, sob uma perspectiva antropológica, o festival popular do Boi-Bumbá de Parintins, Amazonas. Sugere sua interpretação como um movimento cultural contemporâneo que pode ser visto ao mesmo tempo como uma herança das raízes indígenas regionais e uma expressão da identidade cultural do mestiço. Para ter acesso ao artigo é necessário instalar o programa Acrobat Reader.
Contato: http://socrates.berkeley.edu/%7Ecaforum/contact.html
Área: Antropologia

CROSSING CULTURES: A Talk with Mary Catherine Bateson. Edge Foundation Inc. [on-line]. Entrevista capturada em 24 de maio de 2002
http://www.edge.org/3rd_culture/bateson_crossing/bateson_index.html
Entrevista disponibilizada na Internet, publicada pela Edge Foundation Inc. com a antropóloga Mary Catherine Bateson, filha de Gregory Bateson e Margareth Mead e professora de Antropologia e Inglês na George Mason University in Fairfax, Virginia, Estados Unidos. A entrevista aborda diversos assuntos, dentre os quais as diferenças entre gerações e o questionamento da autora a seus leitores, se eles conseguem se mover de suas estórias pessoais e específicas para assuntos mais gerais que ela acredita estarem representados naquelas estórias. O site disponibiliza mecanismo de busca.
Contato: editor@edge.org
Área: Antropologia

D"ATRI, Andrea. Igualdad y Diferencia. El feminismo y la democracia radical... mente liberal. Antroposmoderno. Capturado em 6 de junho de 2003.
http://www.antroposmoderno.com/antro-articulo.php?id_articulo=234
Artigo disponibilizado na Internet em maio de 2003 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos e idéias relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica e de outras disciplinas que conformam o pensamento do homem através da história. A autora discute a afirmação de Judith Butler, para quem as minorias seriam respeitadas se fossem transformadas as estruturas culturais valorativas subjacentes à dicotomia normativa homossexual/heterossexual.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

ERAZO, Viviana; MAURELL, Pilar. La Tercera Mujer de Gilles Lipovetsky. Antroposmoderno. Artigo capturado em 5 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/antro-articulo.php?id_articulo=4
Artigo disponibilizado na Internet em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos e idéias relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica e de outras disciplinas que conformam o pensamento do homem através da história. Reflete sobre a condição feminina no mundo ocidental contemporâneo.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

FLAHERTY, Frances Hubbard. The Odyssey of a Film-Maker. Beta Phi Mu Chapbook, n. 4, 1960, p. 9-18.
http://nimbus.temple.edu/~jruby/wava/Flaherty/odyssey.html
Artigo sobre a obra de Robert Flaherty, que aborda os seguintes filmes: Nanook of the North of the Eskimos, Moana of the Polynesians e Man Of Aran, sobre islandeses vivendo na costa da Irlanda. Os temas dizem respeito ao espírito com o qual esses povos lidam com o meio ambiente e o poder das máquinas - particularmente as câmeras fotográficas - de transformar o mundo.
Área: Antropologia

FLETCHER, Alice Cunningham. Camping with the Sioux. Fieldwork Diary of Alice Cunningham Fletcher. National Anthropological Archives and Human Studies Film Archives. Capturado em 8 de Novembro de 2002.
http://www.nmnh.si.edu/naa/fletcher/fletcher.htm
Texto disponibilizado pelo National Anthropological Archives and Human Studies Film Archives. Diário de campo de Alice Cunningham Fletcher, a primeira mulher a fazer Antropologia, entre os índios Sioux, em 1881, no Território de Dakota, nos Estados Unidos. A página traz informações sobre a biografia de Fletcher, galeria de fotos, bibliografia e lendas folclóricas.
Contato: http://www.nmnh.si.edu/naa/contact.htm
Área: Antropologia

FLORES, Roberto Dante. Hedonismo y Fractura de la Modernidad. Antroposmoderno. Artigo capturado em 5 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/Hedonismo.shtml
Artigo disponibilizado na Internet em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos e idéias relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica e de outras disciplinas que conformam o pensamento do homem através da história. Consiste numa análise da crise ético-cultural da modernidade e o surgir de expressões estéticas (e de condutas) chamadas pós-modernas, vistos principalmente a partir de Fredric Jameson e suas coincidências com outros autores (D. Lowe, G. Lipovetsky, P. Virilio).
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

FORTES, Meyers. Pietas in Ancestor Worship. In: THE HENRY MYERS LECTURE, 1960. Anal eletrônico.
http://www.era.anthropology.ac.uk/Era_Resources/Era/Ancestors/fortes1.html
Anal de Seminário disponibilizado na Internet pelo Projeto ERA - Experience Rich Anthropology, vinculado ao CSAC - Centre for Social Anthropology and Computing da University of Kent in Canterbury. Aborda o culto a ancestrais, particularmente à Pietas. O autor afirma que o culto, a adoração a ancestrais são proeminentes nas buscas econômicas e na rotina das relações sociais entre os Tallensi.
Contato: M.D.Fischer@ukc.ac.uk
Área: Antropologia

FRANCISCO, Taeli Gomez. La contradicción final. Antroposmoderno. Artigo capturado em 4 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/contradiccion.shtml
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. O autor inicia discutindo o que entende por materialidade, fator que produz nosso mundo histórico. Situa em seguida sua própria proposição teórica e analisa o tema ambiental.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

FRAZER, J. G. The Golden Bough, a Study in Magic and Religion. New York: The MacMillan, 1922; Bartleby.com 2000. 752 p. 22 cm. ISBN 1-58734-083-6.
http://www.bartleby.com/br/196/
Publicação online editada pela Bartleby.com. Considerado um clássico da Antropologia, The Golden Bough - a study in magic and religion, publicado originalmente em 1890 por Sir James Frazer, trata da norma que regulava a sucessão no trono de Diana, em Arícia, cobrindo ainda aspectos como os prícipios mágicos e religiosos presentes naquele ritual sucessório
Área: Antropologia

From Revolution to Reconstrution - A Hypertext on American History from the colonial period until Modern Times
http://odur.let.rug.nl/usanew/
Projeto levado a cabo pelo Departmet of Humanities Computing da Universidade de Groningen>, na Holanda. Página em hipertexto que teve como ponto de partida publicações sobre história americana, economia, literatura e governo.
Contato: welling@let.rug.nl
Área: Antropologia

GEERTZ, Clifford. A Life of Learning. Charles Homer Haskins Lecture Series. American Council of Learned Societies, Occasional Paper n. 45, 1999
http://www.acls.org/op45geer.htm#TOP
Autobiografia de Clifford Geertz, antropólogo formado na Harvard University, que estudou os efeitos do álcool em cinco regiões do sudoeste dos Estados Unidos e religião na Indonésia. Texto disponível em formato eletrônico ou impresso, publicado na ACLS Occasional Paper Series. A página da American Council of Learned Societies - ACLS disponibiliza diversos outros textos e normas para a obtenção de artigos.
Contato: candace@acls.org
Área: Antropologia

Gellner Articles
http://www.members.tripod.com/GellnerPage/Articles.html
Artigos do filósofo e antropólogo social Ernest Gellner, professor emérito da London School of Economics - LSE. Seus artigos abordam uma variedade de temas, tais como: a natureza da modernidade, as causas do nacionalismo, o papel do filósofo no mundo contemporâneo, a ascensão do islamismo, a industrialização e o racionalismo.
Contato: GellnerPage@hotmail.com
Área: Antropologia

GOLDFARB, David A. Argonauts of the Western Pacific: S. I. Witkiewicz and Bronislaw Malinowski. [on-line]. Artigo capturado em 24 de Maio de 2002
http://www.echonyc.com/~goldfarb/mal-wtkc.htm
Artigo de David A. Goldfarb disponível na Internet. Trata da relação entre Malinowski e seu amigo, S. I. Witkiewicz, em sua pesquisa no Pacífico Ocidental. O artigo é ilustrado com fotos.
Contato: dgoldfar@email.gc.cuny.edu
Área: Antropologia

GONZÁLEZ, Oscar Alberto. El mito del amo y del esclavo en Hegel y en Lacan. Antroposmoderno. Artigo capturado em 4 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/elmito.shtml
Artigo disponibilizado na em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. O autor parte da constatação de que para que a história da luta entre amo e escravo continue, é preciso que ambos sobrevivam. Que algo os detenha um segundo antes da morte. A partir daí ele afirma que é o escravo quem renuncia a seu desejo e se submete ao desejo do outro. Deste modo o escravo reconhece o amo como tal e se faz conhecer por ele como escravo. Isso quer dizer que depois do primeiro enfrentamento o amo impõe ao escravo um trabalho servil ao qual esse se submete voluntariamente.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

GUIGOU, L. Nicolás. Representación e imagen: las miradas de la Antropología Visual. Antroposmoderno. Capturado em 4 de junho de 2003.
http://www.antroposmoderno.com/antro-articulo.php?id_articulo=296
Artigo disponibilizado na Internet em maio de 2003 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos e idéias relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica e de outras disciplinas que conformam o pensamento do homem através da história. O "pensamento sem imagens", na medida em que oblitera as imagens que conformam o pensamento, o Estado e outras centralidades, seria a possibilidade da emergência do novo, de um novo pensamento.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

INSTITUTE FOR INTERCULTURAL STUDIES. Margareth Mead (1901-1978). Why remember Margaret Mead? Nova Iorque, 2002.
http://www.mead2001.org/default.htm
Artigo em versão eletrônica dedicado ao centenário do nascimento de Margareth Mead, antropóloga americana com trabalhos considerados clássicos na área da Antropologia Cultural, que nasceu em 1901. Editado pelo Institute for Intercultural Studies, criado por Mead em 1944. O site traz dados biográficos, bibliográficos e prêmios obtidos pela antropóloga, filmes e artigos relacionados a ela, um FAQ (questões frequentemente colocadas), dentre outras informações de interesse.
Contato: info@mead2001.org

JIMÉNEZ, Rafael Vidal. La Red y la destrucción de la identidad. Antroposmoderno. Artigo capturado em 3 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/Lared.shtml
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. O autor defende que o estabelecimento, à escala planetária, de um novo marco de relações sociais e vínculos de poder, corre paralelo a um processo cultural baseado na manifesta incapacidade para desenvolver um sistema de representação simbólica coletiva, que permita pensar as novas realidades emergentes como dotadas de sentido.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

KABERRY, Phyllis. Fieldnotes: 9 a 16 de abril de 1963. Experience Rich Anthropology - ERA.
http://era.anthropology.ac.uk/Era_Resources/Era/Kingdom_Bum/kaberry.html
Notas de campo sobre o Reino de Bum, da antropóloga Phyllis Kaberry, aluna de Bronislaw Malinowski. Traz texto completo, com um prefácio de Sally Chilver. As notas foram organizadas pelo Projeto ERA - Experience Rich Anthropology, vinculado ao Centre for Social Anthropology and Computing - CSAC - da University of Kent at Canterbury.
Contato: Fowler@btinternet.com
Área: Antropologia

LAMARCHE, Juan. La ficción y la verdad. Antroposmoderno. Artigo capturado em 28 de Agosto de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/antro-articulo.php?id_articulo=109
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. Segundo o autor a filosofia clássica, aderindo a uma concepção da verdade como adequação ou correspondência, com a garantia da subjetividade moderna, atribuiu à ficção o status de antítese desvalorizada da verdade. A partir de uma revalorização da ficção, no século passado, desde posições utilitaristas, ele aborda uma tese de Paul Ricoeur que correlaciona transculturalmente a atividade narrativa com o caráter temporal da existência humana.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

LEON, Alberto Pinzon. Cioran y la Postmodernidad. Antroposmoderno. Artigo capturado em 30 de Agosto de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/antro-articulo.php?id_articulo=32
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. A reflexão do autor se apóia num artigo onde Luc Ferry afirma que nenhum filósofo vivo hoje pode comparar-se seriamente aos grandes autores do passado. Feyy sugere, em forma de hipótese, que consideremos três épocas da modernidade: a da construção dos grandes sistemas, a da desconstrução que registra a morte de Deus e sela o fim da filosofia como projeto metafísico e aquela onde nos encontramos hoje que resta definir. Mas que para alguns filósofos está perfeitamente caracterizada e definida, se chama a pós-modernidade.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

LIM, Soo Kyung. Eric Wolf. Artigo capturado em 27 de Setembro de 2002.
http://www.indiana.edu/%7Ewanthro/wolf.htm
Artigo disponibilizado pelo Portal de Cultura El Catalejo. Lim mostra que o antropólogo Eric Wolf enfoca em suas pesquisas a constante mudança da sociedade, da cultura e dos povos, no mundo interconectado e em processo de expansão. Wolf adaptou o enfoque marxista no sentido de chamar a atenção para a dinâmica fundamental de mudança e fenômenos como a exploração, a dominação e o colonialismo. O texto subdivide-se em antecedentes pessoais, a teoria de Wolf e bibliografia.
Contato: soolim@indiana.edu
Área: Antropologia

LORINI, ALESSANDRA. The Cultural Wilderness of Canadian Water in the Ethnography of Franz Boas. Cromohs, n. 3, 1998.
http://www.unifi.it/riviste/cromohs/3_98/lorini.html
A autora é professora de História Americana na Universidade de Pisa, Itália. Artigo publicado na Cromohs - Cyber Review of Modern Historiography, revista eletrônica de historiografia moderna, com versões em inglês e em italiano. O artigo aborda a obra etnográfica de Franz Boas sobre raças.
Contato: w3cromhs@www.unifi.it

MACCHIOLI, Florencia A. Homosexualidad, prejuicios y clínica psicoanalítica. Antroposmoderno. Artigo capturado em 2 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/Homosexualidad.shtml
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. O artigo procura esboçar um perfil da clínica psicoanalítica com a homossexualidade em nossa sociedade.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

MITZRAHI, Liliana. La mujer transgresora. Antroposmoderno. Artigo capturado em 30 de Agosto de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/antro-articulo.php?id_articulo=58
Artigo disponibilizado em formato word em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. Trata-se de um artigo biográfico, de expressão pessoal. Pretende transmitir uma forma de buscar o significado da própria identidade através da troca.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

NIXON, William A. An Introduction to the Work of Carol J. Greenhouse. Artigo capturado em 26 de Setembro de 2002.
http://www.indiana.edu/%7Ewanthro/greenhouse.htm
Artigo disponibilizado pelo Portal de Cultura El Catalejo. O artigo é dividido em seções que levantam temas contextuais específicos pertinentes para a carreira de Carol Greenhouse, incluindo uma biografica profissional, uma visão geral do desenvolvimento em Antropologia legal que proporciona um contexto para a sua primeira obra "Playing for Justice", uma análise dos temas principais levantados pela autora e sua bibliografia.
Contato: http://www.elcatalejo.com/servicios/sugiere.htm
Área: Antropologia

NUDEL, Cristina R.; SAAVEDRA, Carlos A. Los destinos de lo simbolico en la Posmodernidad. Antroposmoderno. Artigo capturado em 3 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/Losdestinos.shtml
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. A partir da postulação de que a lei do homem é a lei da linguagem, os autores procuram desenvolver a descrição e a crítica do paradigma da pós-modernidade.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

O´CALLAGHAN, Michael. Gregory Bateson. The pattern that connects the world situation to our own way of seeing it. Artigo capturado em 25 de Setembro de 2002.
http://www.global-vision.org/bateson.html
O artigo, disponibilizado pelo Portal de Cultura El Catalejo, traz uma breve biografia de Gregory Bateson, considerações sobre a cibernética - o campo de Bateson, links e livros relacionados a Bateson.
Contato: moc@global-vision.org
Área: Antropologia

OLLEROS, Angelina Uzín. "Acerca del concepto de progreso en Walter Benjamin”" Antroposmoderno. Artigo capturado em 3 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/acercadel.shtml
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. O autor discute a questão, colocada por Jean-Jacques Rousseau, se o progresso científico traz consigo o progresso moral dos povos. Rousseau mesmo respondia que não é assim. O progresso científico-técnico construíu um mundo de falsas representações, de saberes fragmentados, um universo de profundas desigualdades; estas desigualdades não são de ordem natural, mas sim consequência da ordem social.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

OSBORNE, Ann. Las cuatro estaciones - Mitología y estructura social entre los U´wa. Biblioteca Virtual Banco de la República. Bogotá, Colômbia. [on-line]. Livro capturado em 7 de Outubro de 2002.
http://www.banrep.gov.co/blaavirtual/letra-o/osborne/inicio.htm
Livro disponibilizado pelo Portal de Cultura El Catalejo. Trabalho de documentação etnográfica de uma sociedade ameríndia assentada na vertente oriental dos Andes, no noroeste da Colômbia. Os U´wa ou tunebos, como foram chamados previamente na literatura, são, no que diz respeito à língua, Chibchas, como por exemplo os koguis e os ijkas da Sierra Nevada de Santa Marta e os waraos venezuelanos. O livro se divide em três partes: uma introdução ao meio físico e social na qual se apresentam os dados etnográficos gerais, uma descrição do entorno físico, social e geofísico e uma discussão sobre os clãs U´wa e o sistema de parentesco Kubaruwa. Nesta última parte o autor mostra como a distribuição geográfica dos clãs e a divisão da população da zona da montanha em três áreas residenciais refletem divisões cosmológicas.
Contato: wbiblio@banrep.gov.co
Área: Antropologia

PETRAS, James. Las dos caras de las ONG. Antroposmoderno. Artigo capturado em 30 de Agosto de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/antro-articulo.php?id_articulo=43
Artigo disponibilizado na Internet em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos e idéias relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica e de outras disciplinas que conformam o pensamento do homem através da história. O autor parte da constatação de que comentaristas e intelectuais se mostraram surpresos quando muitos líderes e ativistas de organizações não-governamentais (ONGs) se uniram à campanha eleitoral de Vicente Fox e, a partir da sua vitória, esperam receber postos dentro do seu novo governo. A idéia de que líderes "progressistas" das ONGs se unam a um regime abertamente partidário do "livre mercado" parece anômala. Não obstante, afirma o autor, uma análise mais profunda da história e antecedentes de funcionários de ONGs na América Latina, assim como de sua ideologia e nexos com agentes externos, podia ter vaticinado esse cenário.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

Primitivism. Capturado em 16 de maio de 2003.
http://www.primitivism.com/index.html
Este site visa explorar a teoria primitivista, bem como diversos trabalhos que contribuem para uma compreensão da tendência. O primitivismo é considerado como a busca de formas de vida que refutam o desenvolvimento da tecnologia, seus antecedentes alienantes e o conjunto de mudanças trazidas por ambos.
Área: Antropologia

REED, Ann M. Jane I. Guyer: The Contributions of a Scholar. Artigo capturado em 26 de Setembro de 2002.
http://www.indiana.edu/%7Ewanthro/guyer.htm
Artigo disponibilizado pelo Portal de Cultura El Catalejo. Segundo Reed, Jane Guyer tem sido uma influente intelectual não apenas na Antropologia, mas também em estudos feministas, Economia e estudos africanos. Seus fundamentos em Antropologia Social inglesa enfatizaram o estudo de como a vida social é organizada e como ela persiste com as mudanças no tempo. Sua obra foi informada por figuras como Meyer Fortes, Edmund Leach, Raymond Firth e Evans-Pritchard. O artigo analisa sua biografia, os fundamentos e influências acadêmicos de sua obra e suas contribuições acadêmicas.
Contato: http://www.elcatalejo.com/servicios/sugiere.htm
Área: Antropologia

RESCANIERE, Alejandro Ortiz. En torno al individuo andino: imágenes y identificaciones. Anthropologica 14/PUC. Artigo capturado em 25 de Outubro de 2002.
http://www.pucp.edu.pe/eculpub/revistas/antrop/ortiz.html
Artigo disponibilizado pela Revista del Departamento de Ciencias Sociales da Pontificia Universidad Católica do Peru. O autor inicia o artigo constatando que no Peru se utiliza de maneira restrita o termo índio. Às vezes ele é empregado na linguagem coloquial, podendo também aparecer num contexto literário e político. O seu significado não é unívoco nem simples. O termo nunca foi popular entre os que recebiam este apelativo, nem sequer entre os que o aplicavam. Em seguida ele afirma que o que lhe interessa discutir é quem é o indivíduo que a partir de uma ótica acadêmica poderia ser qualificado de índio (quechua, aymara, do campo e da cidade), qual é a percepção que tem de si mesmo, quais são suas atitudes frente ao próprio e ao alheio.
Contato: aortiz@pucp.edu.pe
Área: Antropologia

ROHDE, Joy Elizabeth. Register to the Papers of Alice Cunningham Fletcher and Francis La Flesche. National Anthropological Archives. Capturado em 8 de Novembro de 2002.
http://www.nmnh.si.edu/naa/fa/fletcher_la_flesche.htm
Textos disponibilizados pelo National Anthropological Archives. Trata-se de trabalhos que refletem as vidas de Alice Cunningham Fletcher (1838-1923), etnóloga do Peabody Museum of Harvard e colaboradora do Bureau of American Ethnology, e Francis La Flesche (1856-1923), antropólogo do Bureau of American Ethnology. Devido à estreita relação profissional e pessoal de Fletcher e La Flesche, seus trabalhos foram organizados conjuntamente. Estes trabalhos cobrem o período de 1874 a 1939. Na coleção estão incluídos: correspondências, diários pessoais, aulas, notas de campo e outros trabalhos etnográficos, rascunhos, transcrições musicais, publicações de vários autores, mapas e fotografias.
Contato: http://www.nmnh.si.edu/naa/contact.htm
Área: Antropologia

ROJAS, Mauricio. Observando Observaciones de una Modernidad ¿Inacabada? Antroposmoderno. Artigo capturado em 3 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/Observando.shtml
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. O autor se pergunta se a especialização do conhecimento, con seu consequente distanciamento entre homem cotidiano e conhecimento; e a pergunta sobre como conhecemos, diante da ausência de uma divindade explicadora, que são características da Idade Moderna, não estarão colocando em cheque a existência mesmo da epistemologia, ou ao menos anunciando o advento de uma nova época do desconhecer.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

SAHLINS, Marshall. Culture in Practice. MIT Press. Capturado em 16 de maio de 2003.
http://www-mitpress.mit.edu/catalog/item/default.asp?sid=9E98C259-989E-4169-A9E8-914CD5774D55&ttype=2&tid=4257
Resumo do livro publicado pela MIT Press. Reúne os escritos acadêmicos e políticos do antropólogo, de 1960 a 1990. Mais do que uma compilação, consiste numa autobiografia intelectual. O livro inicia com os seus estudos anteriores sobre cultura, economia e natureza humana. Segue com suas reportagem e reflexões sobre a guerra do Vietnã e o movimento pacifista, evento que mais fortemente afetou seu pensamento sobre a especificidade cultural. Finalmente, oferece seus trabalhos mais históricos sobre as comunidades indígenas, especialmente as das ilhas do Pacífico.
Contato: http://www-mitpress.mit.edu/shared/contact/default.asp?sid=9E98C259-989E-4169-A9E8-914CD5774D55
Área: Antropologia

SAHLINS, Marshall. The culture of some objects in the Peabody Museum. Capturado em 16 de maio de 2003.
http://www.peabody.harvard.edu/sahlins/default.html
Conferência proferida pelo antropólogo, professor emérito da University of Chicago - 3rd George Peabody Founder´s Lecture. Ele discutiu os objetos Fijianos na coleção do Peabody Museum.
Contato: m-sahlins@uchicago.edu
Área: Antropologia

SAHLINS, Marshall. The Original Affluent Society. Capturado em 16 de maio de 2003.
http://www.eco-action.org/dt/affluent.html
Texto extraído do livro Stone-Age Economics. Nele o professor emérito de antropologia e ciências sociais da University of Chicago discute a capacidade de satisfação das necessidades humanas das comunidades de caçadores e de colhedores em relação às sociedades modernas.
Contato: m-sahlins@uchicago.edu
Área: Antropologia

SAHLINS, Marshall. Waiting for Foucault, Still. Capturado em 16 de maio de 2003.
http://www.semcoop.com/detail/097175750X
Resumo do artigo publicado pela Seminary Co-op Bookstore. Trata-se de comentários feitos após uma conferência para antropólogos onde o autor critica a prática antropológica contemporânea.
Contato: m-sahlins@uchicago.edu
Área: Antropologia

SARAMAGO, José. Yenin no existe. Antroposmoderno. Artigo capturado em 30 de Agosto de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/antro-articulo.php?id_articulo=49
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. O autor sustenta que a verdade histórica, modesta e nada imaginativa, consiste em que Golias não teve sequer a possibilidade de por as mãos sobre Davi; a verdade mítica, insígnia fabricante de fantasias, nos deixou há 30 séculos com esse maravilhoso conto do triunfo de um pequeno pastor sobre a brutalidade de um guerreiro gigantesco.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

SERRANO, Inmaculada Murcia. Dimensiones postmodernas de Ulises de James Joyce: crisis de identidad y estética del caos. Antroposmoderno. Artigo capturado em 3 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/Dimensiones.shtml
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. Na obra analisada haveria uma crise de sentido experimentada pelos personagens principais. A partir desta constatação, defende-se a tese de que esta crise de sentido é a causa principal pela qual um escritor pode chegar a organizar uma novela em torno de uma sistemática desconstrução dos mitos clássicos.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

Talking About Development/Hablando sobre Desarollo
http://www-personal.umich.edu/~fiatlux/td/index.html
Página de entrevistas com diversos profissionais, políticos, ativistas e outras pessoas falando sobre o que é o desenvolvimento, como se relacionam em suas atividades com essa questão e quais são suas metas frente a ele. O conceito de desenvolvimento é tratado no sentido amplo, abordando tópicos em saúde, educação, direitos humanos, direitos da mulher, planejamento familiar, economia, relações internacionais, etc. A página foi projetada por Vera Brito em 1996, pesquisadora da Universidade de Michigan. O site traz um índice das entrevistas e outro com as perguntas por tópicos.
Contato: fiatlux@umich.edu
Área: Antropologia

TODOROV. Tzvetan. Modernos y posmodernos. Antroposmoderno. Artigo capturado em 5 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/modernosy.shtml
Artigo disponibilizado na Internet em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos e idéias relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica e de outras disciplinas que conformam o pensamento do homem através da história. Para o autor, termos como "moderno" e "pós-moderno" estão vazios de conteúdo: designam exclusivamente a contemporaneidade. Sem dúvida, esta vacuidade expressa uma adesão à idéia de progresso sob a sua forma mais simples, aquela que quer que tudo que venha depois seja melhor que aquilo que havia antes (idéia que, por outro lado, o pós-modernismo rechaça).
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

VALLE, Hector. Jaspers - Arendt, o la armonía entre la razón y la emoción. Antroposmoderno. Artigo capturado em 2 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/JaspersArendt.shtml
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. Para o autor o sentido da relação entre Jaspers e Arendt é a amizade, a compreensão, a idéia comum do que é, do que implica e, não menos importante, do que custa, em toda a extensão do termo, a liberdade.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

W.H.R. Rivers: a Founding Father Worth Remembering. Paul Whittle. [on-line]. Artigo capturado em 28 de Junho de 2002.
http://human-nature.com/science-as-culture/whittle.html
Artigo em comemoração ao centenário da nomeação de Rivers como professor de psicologia experimental e fisiológica na Universidade de Cambridge, Inglaterra, escrito por Paul Whittle (mailto:pw109@pop.cus.cam.ac.uk), do Departmento de Psicologia Experimental da Universidade de Cambridge. O artigo discute a expressividade do pensamento de Rivers particularmente na antropologia. Traz também dados biográficos e bibliográficos sobre o pensador e a bibliografia utilizada por Whittle. A publicação responsável pela aparição do artigo é o jornal Science as Culture (versão eletrônica e impressa).O site disponibiliza mecanismo de busca.
Contato: pw109@pop.cus.cam.ac.uk
Área: antropologia

WEBER, Max. Weberian Sociology of Religion. [on-line]. Arquivo capturado em 12 de Junho de 2002.
http://www.ne.jp/asahi/moriyuki/abukuma/
Textos disponíveis na Internet, que estudam a visão do sociólogo Max Weber sobre religião. O projeto de Moriyuki Abukuma (editor), ao criar essa homepage sobre a sociologia weberiana da religião, foi disponibilizar internacionalmente os textos do autor. Alguns se apresentam em versão html de textos impressos e alguns consistem em edições revisadas na íntegra pelo editor. Há também textos de autores comentando os trabalhos de Weber. O site disponibiliza mecanismo de busca auto-explicativo.
Contato: abukuma@mac.com
Área: Antropologia

WILSON, Mariblanca Staff. Mujer y Derechos Humanos. Antroposmoderno. Artigo capturado em 3 de Setembro de 2002.
http://www.antroposmoderno.com/textos/Mujeryderechos.shtml
Artigo disponibilizado em agosto de 2002 pelo Antroposmoderno, um site dedicado à difusão de textos relacionados com a temática psicoanalítica, antropológica, entre outras. É um fato inegável que a condição jurídica da mulher a nível mundial tem conseguido mudanças fundamentais, como resultado do tempo e das modificações que ocorreram nos costumes sociais e políticos da humanidade e em grande parte, devido à influência e desenvolvimento mundial dos movimentos liberacionistas femininos. A partir desta constatação a autora discute o conceito de direitos humanos e apresenta exemplos das aquisições obtidas pela mulher neste terreno.
Contato: redaccion@antroposmoderno.com
Área: Antropologia

The World of Michel Foucault
http://www.csun.edu/%7Ehfspc002/foucault.home.html
Michel Foucault, um dos mais influentes pensadores franceses da atualidade, falecido em 1984, tem sua obra comentada nesta página criada por Bernard Attias, professor do Departamento de Comunicação da California State University Northridge - CSUN. As informações estão agrupadas nos seguintes tópicos: a genealogia de Foucault, contendo comentários sobre as principais obras do filósofo; listas de discussão sobre o autor; páginas relacionadas; e ensaios on line, disponibilizando textos e entrevistas de Foucault, bem como artigos escritos sob sua influência.
Contato: hfspc002@email.csun.edu
Área: Antropologia


FONTES DE REFERÊNCIA
Etnohistória
http://www.etnohistoria.com.ar/
Produzida pelo Equipo NAyA, Ciudad Virtual de Antropologia y Arqueologia, reúne, na forma de artigos (texto completo), os resultados de pesquisas de etnohistoriadores que trabalham em diversas regiões, períodos e com grupos étnicos diferentes e estudos arqueológicos que empregam estes resultados e os documentos escritos como ferramenta para completar, contrastar, guiar e/ou produzir novas interrogações sobre o registro arqueológico. A página disponibiliza também imagens e bibliografia.
Contato: http://www.naya.org.ar/contactenos.htm
Área: Antropologia


Topo